Como prevenir crimes de lavagem de dinheiro envolvendo criptomoedas

Veja como o sistema bancário e demais instituições financeiras podem evitar o envolvimento com esta prática

As criptomoedas possibilitam operações de qualquer parte do mundo e velocidade garantida às transferências internacionais, envolvendo trocas por moedas fiat¹. Práticas como essas garantem a total ausência de instâncias de controle, supervisão ou monitoramento em transações, gerando condições que, segundo as autoridades, favorecerem a lavagem de dinheiro.

Do ponto de vista legal, a falta de um intermediário a quem apelar em caso de investigação ou suspeita de atividade criminosa é um problema a ser considerado. Por isso, as exchanges são importantes para esse setor, embora o uso delas pelos usuários seja opcional. 

Sob esta ótica, conforme estabelece a norma IN-RFB 1888, publicada em 2019 pela Receita Federal, as exchanges devem tomar medidas de identificação dos usuários e fornecer informações sobre os tipos de operações.

As demais instituições do setor financeiro não estão isentas de responsabilidades e espera-se que elas adotem controles rígidos capazes de detectar e impedir esquemas criminosos envolvendo o uso de criptomoedas. Para isso, é fundamental contar com o apoio de soluções tecnológicas adequadas ao perfil e porte de suas operações, a exemplo do Risk Money Due Diligence, que destaca-se como o maior e mais assertivo banco de dados reputacional da América Latina.

Banner Risk Money Due Diligence

Desenvolvido pela AML, esta solução produz resultados de acordo com a Metodologia de Abordagem Baseada no Risco (ABR), recomendação número 1 do Gafi. Oferece outras vantagens, como alto índice de assertividade na atribuição de CPF e CNPJ e acesso a dados e informações previamente tratadas por uma equipe de especialistas, que possibilitam o adequado monitoramento de pessoas e organizações que mantenham relações de negócios com a instituição. Estas características garantem qualidade e otimização de tempo na avaliação de cadastros e na pesquisa reputacional. 

bitcc383o-8680890O tema segurança ganha ainda mais importância devido a globalidade das transações e o grau de complexidade que envolve o crime de lavagem de dinheiro pelo uso de moedas virtuais. Por esta razão, é fundamental que as instituições aperfeiçoem suas ações periodicamente, entre elas a de acompanhar o histórico de seus clientes, assim como suas atividades e transações financeiras. Tais medidas devem ser conduzidas com o intuito de descobrir possíveis envolvimento com atos ilícitos.  

E por entender tamanha responsabilidade, a AML auxilia o setor disponibilizando a plataforma Risk Money Monitor, que possibilita a verificação de cadastros e transações financeiras para a detecção de situações suspeitas de lavagem de dinheiro e outros crimes antecedentes a esta prática. Ela fornece resultados precisos, alinhados às exigências dos órgãos reguladores. Além disso, reúne em um único alerta todas as informações necessárias, possibilitando que a empresa tenha uma compreensão exata do quadro a ser analisado.

Quer conhecer mais sobre essas soluções? Entre em contato conosco e agende uma conversa com um especialista.

¹Fiat é a moeda legal de qualquer país em que é impressa e emitida pelo governo e o Banco Central. (Guia do Bitcon)