Quadrilha desvia dinheiro de contas bancárias milionárias

Para isso, criminosos contavam com a ajuda de uma funcionária do banco, que dizia até como tinha que ser o disfarce


Uma idosa entra no banco mancando e com ajuda de um acompanhante. Olhando assim, parece uma cliente normal. Mas tudo não passa de encenação: são dois golpistas!

Eles fazem parte uma quadrilha que desvia dinheiro de contas bancárias milionárias, inclusive dinheiro de heranças. Para isso, contavam com a ajuda de uma funcionária do banco, que dizia até como tinha que ser o disfarce.

A polícia e o Banco do Brasil, responsável pela agência onde foi aplicado o golpe, passaram a investigar o caso e descobriram um grande esquema para desviar dinheiro de contas milionárias. Algumas com mais de R$ 30 milhões. As vítimas eram, principalmente, idosos e responsáveis por espólios – pessoas que guardam dinheiro de herança, antes da partilha.

Ao Fantástico, o Banco do Brasil informou que mantém estrutura para prevenção a fraudes e pode detectar a atuação de golpistas por meio de sistemas e soluções de segurança.

A Febraban, Federação Brasileira de Bancos, disse que todos os bancos mantêm equipes que atuam exclusivamente no combate a esse tipo de crime e que treinamentos são realizados periodicamente.