Presos comerciantes que vendiam remédios desviados de hospitais públicos

Os detidos são apresentados na 20ª DP com parte da carga de medicamentos desviada


Dois comerciantes foram presos em flagrante na manhã desta segunda-feira acusados de participarem de uma quadrilha de receptação de medicamentos roubados. Donos de uma distribuidora de remédios localizada em Vila Isabel, na Zona Norte, Willer Andrade Soares Júnior, de 33 anos, e seu pai, Willer Andrade Soares, eram investigados por desviarem remédios que seguiriam para três hospitais do Rio e revendê-los à farmácias da capital.

A prisão faz parte de uma operação de policiais da Delegacia de Repressão a Crimes Contra a Saúde Pública (DRCCSP) e da 20ª DP (Vila Isabel), que cumprem cinco mandados de buscas.

De acordo com informações da Polícia, o bando desviava cargas de remédios vindas de São Paulo que seguiam para o Inca, Hospital do Andaraí e Hospital Central da Polícia Militar.

Através da distribuidora, os bandidos vendiam os produtos com preços abaixo do mercado para as drogarias.

As investigações da Polícia Civil começaram em outubro passado após denúncia anónima à Receita Federal.