Polícia Federal esclarece quase 95% dos casos de corrupção


A Polícia Federal esclareceu 94,67% das investigações sobre casos de corrupção entre 2003 e 2018 em todo o país, diz pesquisa divulgada na semana passada pelo Conselho Nacional de Justiça.

O estudo leva em conta 3.885 inquéritos concluídos no período (exclui os que ainda estão em andamento).

Em 38,22% dos casos, a PF identificou os responsáveis por crimes como lavagem de dinheiro, recebimento de propina, desvio de dinheiro público, fraude em licitações, tráfico de influência, entre outros. Em 56,45%, a corporação concluiu que não houve infração penal.

“Há evidências de que não existe um gargalo no combate à corrupção na instituição”, conclui o estudo, realizado por pesquisadores da USP.

A pesquisa constatou que é na Justiça que vários casos descobertos de corrupção morrem: aproximadamente 20% são arquivados, conforme levantamento feito em tribunais de primeira e segunda instância em SP, RJ, DF e AL.