Polícia faz operação contra tráfico de drogas e lavagem de dinheiro em cidades do RS

Mandados estão sendo cumpridos em Pelotas, Capão da Canoa e Charqueadas. São 24 ordens de busca e apreensão, sequestro de cinco imóveis e bloqueio de valores em 14 contas bancárias. Nos últimos cinco anos, grupo teria movimentado mais de R$ 10 milhões.


A Polícia Civil realiza operação na manhã desta quinta-feira (25) contra tráfico de drogas e lavagem de dinheiro no Rio Grande do Sul. Os mandados são cumpridos em Pelotas, Capão da Canoa e Charqueadas. São cumpridos 24 mandados de busca e apreensão, sequestro imóveis e bloqueio de valores em 14 contas bancárias. Segundo a polícia, foram apreendidos seis carros.

De acordo o delegado Rafael Lopes, o grupo, formado por uma família com base em Pelotas, é responsável pela distribuição de drogas na Região Sul do estado. Eles usavam laranjas para negociar a venda de imóveis e veículos para lavar o dinheiro do tráfico. Nos últimos cinco anos, eles teriam movimentado mais de R$ 10 milhões.

“Temos o registro da venda de imóveis em Torres e em Capão da Canoa, no Litoral Norte e também no Paraná. O foco da operação é a busca por documentos.”

Além dos imóveis, também são alvos da operação os veículos do grupo, na maioria, automóveis de luxo, com valor de mercado superior a R$100 mil.

Segundo as investigações, o homem responsável por chefiar o grupo criminoso está preso na Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas e os integrantes da organização têm envolvimento em outros crimes investigados pela polícia.