Polícia do México prende mais de mil membros de cartéis de droga em 2010

Dois grupos de tráfico de drogas disputam o controle do noroeste do país


As forças federais mexicanas já capturaram este ano mais de 1.300 integrantes dos cartéis das drogas do Golfo e Los Zetas, que se enfrentam pelo controle do nordeste do México.
 
O secretário técnico do Conselho de Segurança Nacional, Alejandro Poiré, informou em entrevista coletiva que os dois bandos sofreram baixas consideráveis em suas estruturas operacionais e de negócios após a apreensão de mais de 250 toneladas de maconha, duas toneladas de cocaína, 4.000 veículos e mais de 6.400 armas.
 
Poiré se referiu à Operação Coordenada Nordeste, que inclui os Estados de Nuevo León e Tamaulipas e da qual participam todas as forças federais.
 
O secretário também afirmou que com este sistema de operação, que na semana passada foi reforçado com a maior presença de forças federais, foi possível conter a espiral de violência gerada pela luta entre o Cartel do Golfo e o Los Zetas, que começou em dezembro passado.
 
Poiré disse que a média de homicídios semanais atribuídos ao crime organizado nestes Estados fronteiriços com os EUA sofreu redução de 38%, passando de 55% durante julho e agosto para 34% desde setembro.