Polícia Civil cria órgão especializado no combate à corrupção e lavagem de dinheiro

Três delegacias vão atuar na investigação de crimes contra a ordem tributária e administração pública


A Divisão Estadual de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (DCCOR) da Polícia Civil será inaugurada na manhã da próxima quarta-feira durante cerimônia na sede do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) na avenida das Industrias, número 915, no bairro São João, em Porto Alegre. Haverá também na ocasião a entrada em funcionamento da Delegacia de Polícia de Controle Técnico e de Fiscalização (DPCTF), ligada à Delegacia de Repressão aos Crimes de Roubo de Veículos (DRV) do próprio Deic. A atribuição investigativa do crime de corrupção e de lavagem de capitais no âmbito da Polícia Civil ocorrerá nos âmbitos estadual e municipal.

A DCCOR será comandada pelo delegado Marcus Vinicius da Silva Viafore e tem como foco a investigação de crimes contra a ordem tributária e administração pública. O órgão possui duas delegacias de combate à corrupção, sendo que a 1ª DECOR está com o delegado Max Otto e a 2ª DECOR com o delegado Vinicius Valle. Já a 1ª Delegacia de Repressão ao Crime de Lavagem de Dinheiro da DCCOR é chefiada pelo delegado Márcio Zachello. A iniciativa é pioneira no país e tem apoio do Ministério da Justiça.

Por sua vez, a Delegacia de Policia de Controle Técnico e de Fiscalização (DPCTF) dará amparo à DRV nas apurações de todos dos delitos que ocorrem em Porto Alegre, unificando deste modo as investigações e implementando maior qualificação nas apurações neste tipo de crime.