PF prende 6 servidores por fraude contra a Caixa na PB


A Polícia Federal (PF) prendeu cinco homens e uma mulher no final da manhã desta sexta-feira na agência da Caixa Econômica Federal da avenida Beira Rio, em João Pessoa (PB). Os funcionários públicos foram detidos no momento em que assinavam requerimento de empréstimo apresentando contra-cheques falsificados.
 
Segundo o delegado da PF, Derly Brasileiro, a fraude foi descoberta porque o gerente da agência desconfiou do golpe e acionou a polícia. "Nossos agentes ficaram na agência à paisana e no momento que cada um assinava o requerimento do empréstimo, recebia voz de prisão".
 
Segundo a PF, os seis suspeitos são funcionários da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) e da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Os contra-cheques apresentados para solicitar o empréstimo pertencem aos próprios funcionários, mas estariam com o valor dos vencimentos alterados para dar margem necessária a viabilização do empréstimo.
 
Os presos foram encaminhados à sede da Polícia Federal na Paraíba onde serão ouvidos. Os valores solicitados em cada empréstimo não foram divulgados.