PF desarticula quadrilha milionária que clonava cartões


A Polícia Federal prendeu 17 pessoas, entre elas um tenente do Exército, na manhã desta terça-feira, em São Paulo, em operação para desarticular uma organização criminosa especializada em clonagem de cartões. Também foram apreendidos aproximadamente R$ 200 mil em espécie e mais de 2 mil cartões falsos.

A Operação Prestador continua ao longo desta terça-feira e deve cumprir 34 mandados de busca e apreensão nos Estados de São Paulo, Maranhão, Minas Gerais, Santa Catarina e no Distrito Federal.

As ações ocorrem após nove meses de investigações, período no qual a PF estimou que a quadrilha tenha fraudado cerca de R$ 3 milhões com a clonagem de cartões.

Além do dinheiro e dos cartões, as apreensões incluem 15 máquinas para clonagem de cartões, 15 veículos de luxo, armamentos e medicamentos.

Os presos serão indiciados, de acordo com suas participações, pelos crimes de estelionato, formação de quadrilha, contrabando e tráfico de arma de fogo de uso restrito.