Operação da PF investiga contrabando e lavagem de dinheiro em MT, PR e SP

A Justiça decretou o sequestro de bens em 11 fazendas em Primavera do Leste. Receita Federal realiza fiscalização em empresas associadas ao grupo investigado


Uma operação que investiga supostos crimes de lavagem de dinheiro e contrabando é realizada nesta quarta-feira (3) pela Polícia Federal e Receita Federal em São Paulo, Mato Grosso e Paraná. Segundo a PF, são 13 mandados de busca e apreensão nesses estados e não há mandados de prisão.

Em Mato Grosso, operação ocorre no município de Primavera do Leste, a 239 km de Cuiabá. A operação desta quarta-feira é considerada a segunda fase da Operação Tamareira. Em 2018 empresários foram alvos da PF que investigava lavagem de dinheiro em Mato Grosso e Paraná.

Os mandados também devem ser cumpridos em São Paulo: Cajamar (1), Jundiaí (1), São Paulo (6) . Em Foz do Iguaçu, Paraná, a PF tenta cumprir 3 mandados.

A Justiça decretou o sequestro de bens em 11 fazendas em Primavera do Leste.

A investigação apura supostos crimes de lavagem de dinheiro e evasão de divisas de recursos provenientes de contrabando, descaminho e outros ilícitos. Além disso, a Receita Federal realiza fiscalização em empresas associadas ao grupo investigado.

Os mandados foram expedidos pela Justiça Federal do Mato Grosso, que determinou, ainda, o sequestro de onze fazendas naquele estado, cujos valores estimados ultrapassam R$ 250 milhões. As investigações prosseguem sob segredo de justiça.