Nove pessoas são presas durante operação da PF e da PRF no Rio de Janeiro


Nove pessoas foram presas na manhã de hoje (7) durante a Operação Jogo Limpo, da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em conjunto com a Polícia Federal (PF), para combater o contrabando e a prática de jogos de azar às margens de rodovias federais no Rio de Janeiro.
 
Cerca de 40 agentes das duas corporações, além de delegados federais, percorreram pontos previamente mapeados em fiscalizações realizadas nas rodovias Washington Luís (BR-040) e Presidente Dutra (BR-116), na região da Baixada Fluminense. As equipes também apreenderam 30 máquinas caça-níqueis.
 
De acordo com o agente da PRF Fábio Cassemiro, que coordenou a operação, as investigações começaram há cerca de dois meses.
 
“Houve denúncias de moradores da região e de pessoas que transitam pelas rodovias. Eles ficaram incomodados com a situação no local, que envolvia contrabando de mercadorias e a prática de jogos de azar. Além disso, o relato de agentes que realizam policiamento ostensivo na região e as informações do serviço de inteligência também apontavam para o mesmo caminho”, informou.
 
Segundo Cassemiro, os detidos durante a operação são donos ou gerentes dos estabelecimentos onde foram encontradas as máquinas caça-níqueis. Eles prestam depoimento, neste momento, na delegacia da Polícia Federal em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. O material apreendido foi levado para o mesmo local.