Livro mostra evolução da jurisprudência e doutrina sobre lavagem de dinheiro


O julgamento da Ação Penal 470, o processo do mensalão, pelo Supremo Tribunal Federal, e a operação “lava jato” aprofundaram os debates e questões sobre o crime de lavagem de dinheiro. Com o objetivo de explicar a evolução doutrinária e jurisprudencial sobre esse delito, os professores da Faculdade de Direito da USP Gustavo Henrique Badaró e Pierpaolo Cruz Bottini lançam nessa quinta-feira (1/12) a terceira edição do livro Lavagem de Dinheiro – Aspectos Penais e Processuais Penais (Revista dos Tribunais).

Na obra, Badaró e Bottini — que é colunista da Conjur — discutem novos desafios com relação a esse crime. Entre eles, a previsão do crime contra a ordem tributária como antecedente de lavagem, e a autonomia ou a consunção entre este delito e outros correlatos, como de corrupção e evasão de divisas. Além disso, os especialistas oferecem interpretações sobre os efeitos da colaboração premiada e das novas diretrizes de prevenção sobre a lavagem de dinheiro.

O lançamento será nesta quinta-feira (1º/12) partir das 19h na Livraria Cultura do Conjunto Nacional (Avenida Paulista, 2.073, em São Paulo).