Irã e Coreia do Norte seguem na lista de risco de financiamento ao terrorismo

Comissão de Valores Mobiliários divulgou comunicado do Grupo de Ação Financeira...


O Irã e a Coreia do Norte seguem no topo da lista global de risco de financiamento ao terrorismo. O comunicado do Grupo de Ação Financeira (Gafi) foi divulgado nessa quinta-feira (12) pela Comissão de Valores Mobiliários, o regulador brasileiro do mercado de capitais. O Gafi é o órgão mundial que estabelece os padrões globais no âmbito de prevenção e combate à lavagem de dinheiro e ao financiamento de terrorismo.

Segundo o comunicado, as jurisdições sujeitas à designação do Gafi (como o Brasil) assim como seus outros membros e outras jurisdições podem aplicar contramedidas para proteger o sistema financeiro internacional dos riscos correntes e substanciais de lavagem de dinheiro e financiamento de terrorismo (LD/FT), provenientes dessas jurisdições, o Irã e a Coreia do Norte. A lista havia sido aprovada em Paris no último dia 18 de outubro.

No plano intermediário, o Gafi também listou as jurisdições com deficiências estratégicas em prevenção e combate à lavagem de dinheiro e financiamento ao terrorismo que não obtiveram o progresso esperado no tratamento das deficiências ou que não se comprometeram com um plano de ação desenvolvido juntamente com o Gafi para solucionar as deficiências.

O Gafi alertou seus membros dos riscos associados às deficiências de cada jurisdição, como descritas a seguir – Argélia, Equador, Etiópia, Indonésia, Quênia, Mianmar, Paquistão, Síria, Tanzânia, Turquia e Iêmen.