Gestores assinam termo de compliance na primeira reunião do novo secretariado de Porto Alegre


Combate à corrupção, transparência, finanças e novo decreto de enfrentamento da pandemia de Covid-19. Esses foram os principais temas da primeira reunião presencial de secretariado comandada pelo prefeito Sebastião Melo no Paço Municipal, na manhã deste sábado (2) ao lado do vice-prefeito Ricardo Gomes.

De forma inédita no âmbito da Prefeitura de Porto Alegre, os gestores municipais assinaram termo de compromisso de compliance, ferramenta de governança consolidada na iniciativa privada, que regula e acompanha os princípios de ética e responsabilidade com recursos públicos, a fim de qualificar a prestação de serviço ao cidadão.

“A assinatura simboliza o nosso jeito de governar: com muita transparência e zelo com os recursos públicos, para perseguir serviços de qualidade ao cidadão”, afirmou Melo. A assinatura dos termos dá início a um processo que terá ações concretas envolvendo todas as secretarias e órgãos, com a coordenação da Secretaria de Transparência e Controladoria.

Ao apresentar a equipe direta ao secretariado e alinhar rotinas de trabalho, Melo enfatizou o foco com a zeladoria da Capital. “Serei implacável no cuidado com a cidade”, reforçando que irá buscar parcerias e também a elaboração de um contrato que viabiliza de forma ágil e eficiente melhorias em equipamentos públicos para uso pela população. “Temos desafios enormes pela frente. E vamos trabalhar dia e noite para entregar uma cidade melhor, uma vida melhor para os porto-alegrenses”, manifestou Melo aos secretários.

Na reunião, foram debatidos aspectos técnicos do novo decreto municipal com medidas de enfrentamento da Covid-19, que será publicado no início da semana, sob a liderança técnica da Secretaria Extraordinária de Enfrentamento do Coronavírus de Porto Alegre. “Precisamos estabelecer um debate sem ideologia sobre a pandemia, com foco no equilíbrio entre saúde pública e a economia da nossa cidade”, defendeu o prefeito. Ele afirmou, ainda, que irá dialogar com o governador Eduardo Leite e prefeitos da Região Metropolitana.

Fonte: Jornal do Comércio