Em SP, 14 franceses são detidos por tráfico de drogas


O ministério francês das Relações Exteriores afirmou nesta segunda-feira que 14 franceses estão detidos em São Paulo por acusações relacionadas a drogas, um dia depois da denúncia da família de uma das detentas. "Confirmo que 14 compatriotas estão detidos atualmente em São Paulo", afirmou o porta-voz da chancelaria francesa, Bernard Valero.
 
No domingo, Michel Briffault, pai de Jessica Briffault, uma francesa de 28 anos, denunciou a detenção da filha no aeroporto de Congonhas pela posse de nove quilos de cocaína e afirmou que a jovem caiu em uma armadilha. Ele disse ainda que outros 14 franceses, incluindo várias mulheres jovens, estavam detidas na capital paulista pelo mesmo problema.
 
Valero, no entanto, destacou nesta segunda-feira que "é prematuro estabelecer um vínculo entre estas pessoas e os fatos que são atribuídos a elas". O porta-voz disse que Jessica Briffault foi detida dia 12 de novembro no aeroporto de São Paulo. O cônsul-geral da França na cidade deve visitá-la ainda na segunda-feira no centro de detenção.
 
"Está claro que ela caiu em uma armadilha de uma viagem gratuita ao Brasil", disse no domingo o pai da jovem. "Parece que há outros que também caíram na armadilha", completou.
 
Funcionária de um centro de reabilitação, Jessica Briffault havia solicitado uma licença de oito dias aos chefes. "É uma garota de 28 anos que tem uma vida normal e sempre trabalhou", declarou Michel Briffault.