Dinheiro, cofre e veículos são apreendidos na Operação ‘Cross Docking’; oito foram presos em MG e GO

Ação investiga organização criminosa chefiada por estelionatários, que são especializados em desvio de cargas e lavagem de dinheiro. Mandados de busca e apreensão também foram cumpridos em Uberaba, Conceição das Alagoas e Ribeirão Preto (SP)


Os resultados da Operação “Cross Docking” foram apresentados pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e polícias Civil e Militar durante coletiva de imprensa em Uberaba. A operação foi deflagrada nesta quinta-feira (18) para prender suspeitos de integrar uma organização criminosa chefiada por estelionatários, que são especializados em desvio de cargas e lavagem de dinheiro.

De nove mandados de prisão preventiva expedidos, oito foram cumpridos: duas mulheres e três homens foram presos em Uberaba; um suspeito, também de Uberaba e que seria o chefe da organização, foi encontrado e preso em Goiânia (GO); outro investigado já estava preso na Penitenciária Professor Aluízio Ignácio de Oliveira em Uberaba; um foi preso em Conceição das Alagoas; e o nono alvo da operação está foragido. Como o processo está em segredo de Justiça, os nomes dos envolvidos não foram divulgados.

Também foram cumpridos 14 mandados de busca e apreensão em Uberaba, Conceição das Alagoas e Ribeirão Preto (SP). Cerca de R$ 58 mil em dinheiro, cofre, arma, munição, documentos, celulares, computadores e quatro veículos foram apreendidos.

A Operação “Cross Docking” foi desencadeada pelo Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e 5ª Promotoria de Justiça Criminal de Uberaba, em conjunto com a Polícia Civil, Polícia Militar de Minas Gerais e de São Paulo e Departamento Penitenciário (Depen-MG).