Curso sobre combate à corrupção começa nesta terça-feira (21) em Cuiabá

Iniciativa do Ministério da Justiça e Segurança Púbica terá 13 palestras voltadas ao treinamento de profissionais da área pública


A Controladoria Geral do Estado (CGE-MT) sediará, de 21 a 24 de maio, o “Curso de Capacitação e Treinamento para o Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro”, iniciativa do Ministério da Justiça e Segurança Púbica em parceria com a Rede de Controle da Gestão Pública em Mato Grosso. A abertura do curso será nesta terça-feira (21), às 10h, no auditório Gilson de Barros, no prédio da CGE, no Centro Político Administrativo, em Cuiabá.

A programação terá 13 palestras. A de abertura do evento será sobre o “Sistema Nacional de Combate à Lavagem de Dinheiro”, proferida por Arnaldo Silveira, coordenador-geral de Cooperação Jurídica Internacional do Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional da Secretaria Nacional de Justiça. Outra apresentação será sobre “Combate à corrupção na saúde pública”, tema a ser conduzido pela superintendente de Auditoria Especial da CGE-MT, Almerinda Alves de Oliveira.

Também estarão em pauta assuntos como “Combate à lavagem de dinheiro”, “Cooperação jurídica internacional e recuperação de ativos como instrumento de combate ao crime”, “Inteligência financeira”, Combate à corrupção em licitações e contratos públicos, “Prevenção à corrupção”, “Prevenção à fraude documental, “Estratégia de enfrentamento à corrupção e à lavagem de dinheiro sob a ótica do Poder Judiciário”.

Ao todo, foram disponibilizadas 160 vagas para agentes públicos, especialmente, delegados e agentes de Polícia, membros do Ministério Público, magistrados, analistas e auditores da CGU, CGE, TCU, advogados da União, defensores públicos, dentre outros.  

O Programa Nacional de Capacitação e Treinamento para o Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (PNLD) surgiu em cumprimento à meta nº 25 da Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (ENCCLA), com o objetivo de criar um Plano Integrado de Capacitação e Treinamento de Agentes Públicos e de Orientação à Sociedade. A ideia é otimizar a utilização de recursos públicos e disseminar a cultura de prevenção e combate à corrupção e à lavagem de dinheiro no Brasil.