CPI da Dívida Pública convoca presidente do Banco Central


A comissão parlamentar de inquérito (CPI) que analisa a dívida pública aprovou nesta quarta-feira, por unanimidade, requerimento do deputado Ivan Valente (Psol-SP) que convoca o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, para comparecer à comissão para falar sobre a questão. De acordo com Valente, Meirelles deverá comparecer até o final deste mês.

O requerimento do deputado também propunha a convocação do ministro da Fazenda, Guido Mantega. Mas, a pedido do presidente da CPI, deputado Virgílio Guimarães (PT-MG), a convocação do ministro foi transformada em convite. Ivan Valente disse que caso não seja marcada a data do comparecimento de Mantega, já na próxima reunião da CPI, ele irá apresentar novo requerimento de convocação do ministro.

Ivan Valente informou que a CPI deverá oferecer três datas para Meirelles comparecer até o final do mês de março para prestar esclarecimentos. "Queremos ouvi-lo ainda como presidente do Banco Central. Sua presença é fundamental para a conclusão dos trabalhos da comissão", disse. Hoje, a CPI aprovou a prorrogação dos trabalhos por mais 60 dias, com o objetivo de ouvir Meirelles e Mantega.