Chefe da máfia calabresa preso na França


MARSELHA, Itália (AFP) – As forças de segurança italianas e francesas prenderam no sábado, em Vallauris (sudeste da França), Roberto Cima, um dos chefes da ‘Ndranghetta, a máfia calabresa, e integrante de uma lista dos 100 fugitivos mais perigosos da Itália, informou a polícia nesta segunda-feira.

Roberto Cima, de 52 anos, foi condenado a 21 anos e seis mess de prisão por homicídio doloso e também está envolvido em tráfico de drogas. Ele foi preso em casa, uma moradia modesta, onde vivia apenas com um cachorro.

Cima, que negou as acusações, estava foragido desde 2003.