Carros que eram de traficantes podem dar arrecadação de R$ 4 milhões


Para agilizar os leilões de veículos apreendidos com traficantes, a Secretaria de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) reuniu-se hoje com o Conselho Estadual Antidrogas (Cead) e representantes da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad). A expectativa do Estado é arrecadar R$ 4 milhões com esses leilões em 2010.

A principal intenção da reunião foi discutir medidas para tornar o processo de leilão mais rápido para que os compradores possam utilizar o veículo adquirido. “Muitas vezes os itens são vendidos em situação de sucateamento”, destaca Sérgio Harfouche, promotor de Justiça e presidente do Cead.

Os órgãos da segurança pública pretendem construir um espaço para recolher os veículos apreendidos do tráfico e destinados a leilão. O Cead se comprometeu a elaborar projeto para construção de depósito em área próxima do presídio semiaberto da Gameleira, na saída para Sidrolândia.

Mato Grosso do Sul é o terceiro Estado com políticas públicas definidas no combate às drogas. A posição geográfica do Estado torna o tráfico de drogas um dos principais problemas de segurança pública. Em março deste ano, o conselho anti-drogas realizou leilão de veículos apreendidos e arrecadou R$ 750 mil.

Os valores arrecadados com leilões são destinados ao Funad (Fundo Nacional Antidrogas) e utilizados em ações de prevenção ao uso indevido de drogas, tratamento de usuários e dependentes e na repressão ao tráfico.