Bandidos arrombam e põem fogo em caixas eletrônicos


Dois caixas eletrônicos do Banco Itaú, localizado na avenida Engenheiro Roberto Freire, em Capim Macio, zona Sul de Natal, foram arrombados no início da manhã de ontem. Os responsáveis pelo crime conseguiram fugir levando parte do dinheiro disponível. Apesar de poucas informações a respeito dos autores do roubo, a delegada Sheila Freitas, da Delegacia de Furtos e Roubos (Defur), que será a responsável pela investigação, acredita na participação de “caixeiros” no crime.

“Caixeiros” são os membros das quadrilhas especializadas em arrombar caixas eletrônicos com o uso de maçaricos. “A forma para arrombar os caixas eletrônicos foi a mesma que os ‘caixeiros’ utilizam, mas ainda não podemos dizer que são eles, até porque as investigações ainda estão no início”, afirmou a delegada Sheila Freitas.

A ação criminosa, segundo a Polícia Militar, começou por volta das 4h30 da manhã. Eles entraram na agência utilizando um cartão magnético – a agência fica aberta 24 horas para os clientes – e cobriram a frente do banco com uma lona de cor cinza. Com um maçarico, arrombaram dois dos três caixas e conseguiram tirar o dinheiro antes que o fogo se estendesse e consumisse as máquinas.

Depois, a quadrilha – ainda não há confirmação de quantos participaram da ação – fugiu. “Fomos acionados juntamente com os bombeiros porque vigias de lojas vizinhas viram muita fumaça saindo de dentro da agência. Quando chegamos, não havia mais nada. Ninguém viu quando eles entraram, nem quando fugiram do local”, afirmou o tenente Isaac Leão, subcomandante da Rádio Patrulha do 5º Batalhão da PM.

Os bombeiros controlaram as chamas, mas tiveram que cortar a energia para evitar curto circuito dentro da agência. “Sem energia, não foi possível abrir os caixas eletrônicos para saber quanto foi levado. Ainda aguardamos o banco enviar as imagens do circuito interno de câmeras”, afirmou a delegada Sheila Freitas.

O acesso da Polícia Civil às imagens não será algo tão simples. Segundo Sheila Freitas, a central do Banco Itau de Brasília terá que enviar o que foi capturado pelo circuito. “Além disso, ainda estou sozinha para a investigação, já que os agentes da Polícia Civil estão em greve”, afirmou a delegada da Defur.

Caixa também é vítima da ação de ladrões

O autônomo Jackson Glei do Nascimento Câmara, 32 e o auxiliar de escritório Roniel da Conceição Santos, 27 foram detidos na manhã de ontem, por agentes da Polícia Federal, após tentarem arrombar um caixa eletrônico da Caixa Econômica Federal (CEF), instalado dentro do supermercado Nordestão do bairro Cidade Jardim, zona Sul de Natal.

Presos em flagrante, ambos vão responder pelo crime de furto qualificado (praticaram o ato mediante duas ou mais pessoas) e tentado (o crime não foi consumado por vontade alheia). Caso sejam condenados, a pena para cada um pode ser de dois a oito anos de reclusão e multa. No depoimento, ambos, preferiram se manter calados . Jackson é potiguar e Roniel natural de São Paulo. A polícia vai verificar com a Polinter ficha criminal de ambos.     

A dupla, segundo informações da segurança do supermercado, já teria tentado arrombar o mesmo caixa de autoatendimento na semana passada.

Às 6h46 da manhã de ontem Jackson e Roniel foram vistos em atitude suspeita próximo aos caixas. “Percebemos a movimentação deles pelo circuito interno de câmeras. Esperamos um pouco e, em seguida, a dupla foi abordada. Ambos foram conduzidos até à sala da segurança”, afirmou Edmilson Alves, chefe da segurança do Nordestão. Ainda de acordo com Edmilson, o potiguar e o paulista foram  revistados. “Encontramos uma chave de fenda que estaria sendo usada para arrombar o caixa”,

Por se tratar de um caixa da CEF, agentes da PF foram acionados. A dupla foi encaminhada para a sede da PF, em Lagoa Nova. Na semana passada, eles  também estiveram no banco, em atitude suspeita.  Foram revistados, mas nada foi encontrado.