Banco Central amplia autorização para abertura de contas bancárias jurídicas pela internet


Banco Central do Brasil anunciou nesta terça-feira (27/11) que a partir de agora empresas poderão abrir contas bancárias remotamente por meio eletrônico. A medida visa dar mais agilidade para empresários que não precisarão mais enviar um representante até uma agência bancária.

De acordo com a o Banco Central, a resolução 4.697 iguala empresas a pessoas físicas e microempreendedores individuais (MEIs), uma vez que todos agora podem abrir contas pela internet. Em comunicado para a imprensa, o BC diz:

“As instituições financeiras que permitirem a abertura de contas por meio eletrônico devem adotar procedimentos, salvaguardas e controles que permitam confirmar e garantir a identidade do proponente. Também devem garantir a integridade, a autenticidade e confidencialidade das informações prestadas. O objetivo dessas salvaguardas é garantir a segurança, mitigar riscos e prevenir a lavagem de dinheiro e o financiamento do terrorismo.”

A medida do Banco Central se torna mais uma boa notícia para instituições financeiras que atuam no mercado digital, uma vez que elas poderão ter clientes corporativos sem a necessidade de abrir uma agência. No entanto, a conta aberta por meio eletrônico é totalmente diferente da “Conta eletrônica”.

Isso porque a conta aberta por meio eletrônico é considerada normal e possui uma série de taxas e encargos. Já a conta eletrônica é voltada para clientes que preferem ficar isentos de tarifas caso se comprometam a realizar operações financeiras apenas por canais como aplicativo, internet e caixas eletrônicos.