AML Consulting marca presença no VI Fórum Nacional de Prevenção a Crimes Econômicos

Ao lado de representantes da Polícia Federal, COAF e de especialistas internacionais, Alexandre Botelho, sócio-fundador da AML Consulting, atua como um dos palestrantes convidados do evento


Promovido pela Associação e Sindicato dos Bancos do Estado do Rio de Janeiro – ABERJ, o VI Fórum Nacional de Prevenção a Crimes Econômicos, realizado em 27 de agosto no Mirador Rio Copacabana Hotel, contou com a presença de cerca de 200 participantes das áreas de Compliance e de Gestão de Riscos de vários segmentos do setor financeiro.

Após a abertura do evento, realizada pelo presidente da ABERJ, Carlos Alberto Vieira, o sócio-fundador da AML Consulting, Alexandre Botelho, falou sobre a maximização do potencial das estruturas corporativas, objetivando a eficácia das atividades de prevenção e combate à lavagem de dinheiro e ao financiamento do terrorismo, com destaque para a importância da criação de KPIs (Key Performance Indicators) e a metodologia RBA (Risk Based Approach), que possibilita a atribuição de escore de risco aos clientes, levando-se em conta diversas variáveis externas e internas.

Na sequência, Carlos Eduardo Miguel Sobral, Delegado da Polícia Federal, discorreu sobre a política do órgão para a repressão a crimes cibernéticos, com destaque ao combate à pornografia infantil, à pirataria, à venda de medicamentos falsificados e contrabandeados e fraudes bancárias.

Representando o COAF, Antonio Gustavo Rodrigues e Antonio Carlos Ferreira de Sousa, respectivamente presidente e diretor de inteligência do órgão, falaram sobre a importância do uso das informações bancárias nas atividades de inteligência financeira.

O evento contou ainda com a participação de John Solomon, membro anexado da Unidade Anti-Corrupção Internacional de Polícia da cidade de Londres, que apresentou uma perspectiva sobre as ameaças financeiras ao redor do mundo, com ênfase para os métodos de "lavagem" e financiamento do terrorismo mais utilizados na Internet.

Finalizando o evento, o ministro do STJ, Gilson Langaro Dipp, falou sobre a sua atuação visando o aperfeiçoamento das ações do Poder Judiciário no combate à corrupção e aos crimes econômicos.

Gostou deste assunto? Então clique aqui para obter uma cópia em pdf da apresentação feita por Alexandre Botelho.