Categories
Artigos

Conheça os benefícios do Risk Money Due Diligence para a PLD/FT

O suposto envolvimento em alguma situação ilegal pode custar muito caro para as instituições. Além do prejuízo financeiro, há também os danos reputacionais, afinal o valor de uma marca está totalmente ligado ao que dizem sobre ela. Isso ajuda entender a importância do trabalho desenvolvido pelas áreas de Gestão de Risco,  Compliance e PLD/FT dentro das organizações, principalmente as do setor obrigado. De acordo com a Lei nº 9613/98, revisada posteriormente pela Lei nº 12.683/12, elas precisam seguir um conjunto de medidas voltadas para o combate e prevenção à lavagem de dinheiro e ao financiamento do terrorismo. 

Os profissionais que atuam nessas áreas sabem que o fator tempo é extremamente importante no que diz respeito aos processos de PLD/FT. Por isso, é fundamental ter em mãos ferramentas que os auxiliem as tarefas do dia a dia, fornecendo dados objetivos e atualizados. Desta forma, além de detectar o uso de seus serviços em crimes financeiros, é possível também impedir que a instituição firme contratos com pessoas ou organizações envolvidas em atividades suspeitas. 

Pensando nisso, a AML desenvolveu a solução Risk Money Due Diligence, banco de dados reputacional com mais de 1,2 milhão de perfis cadastrados. Por monitorar constantemente mais de 20 mil fontes, mantendo seus dados sempre atualizados, a ferramenta possibilita que os processos de sanitização sejam realizados de forma mais rápida e assertiva. 

Com o Risk Money Due Diligence, sua equipe poderá consultar a Lista PEP mais completa do mercado, além de ter acesso à Listas Restritivas Internacionais, Consultas em Diários Oficiais, Informações Socioambientais, Mídia Tratada e Listas de Sanções Nacionais.

Todas as informações fornecidas são devidamente filtradas, permitindo acesso a dados de seu interesse e pertinentes ao seu negócio, seguindo as melhores práticas do mercado e exigência com os órgãos reguladores.

Além desses benefícios, a ferramenta permite consultas automatizadas via API, através de CPF, CNPJ ou Nome / Razão Social. Essas ações irão otimizar o tempo da sua equipe nos processos de análises e due diligence, auxiliando-a nos Programas de Conhecimento (Conheça seu Cliente, Conheça seu Funcionário, Conheça seu Fornecedor e Conheça seu Parceiro), além de garantir a mitigação dos riscos reputacionais e legais

Quer conhecer mais sobre esta solução? 

Entre em contato com a equipe da AML e agende uma visita com a equipe comercial. Nossos profissionais, especializados em PLD/FT, irão avaliar a sua necessidade e apresentar a ferramenta Risk Money Due Diligence.

Banner Risk Money Due Diligence

Categories
Artigos Segmentos

Como as Fintechs podem utilizar a tecnologia em processos de PLD-FT?

As fintechs tem influenciado o comportamento dos bancos tradicionais na busca por melhorias que tenham como objetivo diminuir barreiras através da tecnologia. O diálogo entre os dois modelos resultará no fortalecimento da indústria e, consequentemente, beneficiará toda a sociedade que anseia por mais eficiência e taxas de juros menores. Um dos maiores desafios das startups financeiras é estabelecer níveis de segurança, de forma que não atrapalhe ou comprometa a experiência de seus usuários, como a interação com o produto e a rapidez na resolução de problemas.

O uso da tecnologia no cumprimento das exigências regulatórias

No campo regulatório ainda existe uma certa lacuna no que diz respeito a prevenção à lavagem de dinheiro e ao financiamento do terrorismo voltado ao segmento das fintechs, o que não significa a não obrigatoriedade na observância de regulamentações pré-estabelecidas a todas as instituições financeiras. A Lei nº 9.613/98,  revisada  pela Lei nº 12.683/12, traz várias exigências que devem ser cumpridas por este segmento. São elas que norteiam as diretrizes de PLD-FT que visam impedir o uso do sistema financeiro para a prática de ilícitos.

o-que-sao-fintechs-e-como-elas-estao-mudando-o-mercado-financeiro-720x481-1983438

Atender às exigências regulatórias significa fazer a devida diligência na contratação de serviços e produtos e estabelecer código de conduta a ser seguido por funcionários, associados e parceiros. Checar a eficiência das políticas adotadas e corrigir possíveis falhas apresentadas, garantindo assim um constante melhoramento dos controles internos. Além destas práticas, é preciso criar canais que possibilitem a comunicação de desvios éticos e comportamentos duvidosos que podem comprometer a imagem da empresa junto as autoridades, causando perdas legais e financeiras.

Mas como cumprir tantas responsabilidades de maneira eficiente? A tecnologia pode facilitar a realização destas tarefas? Sim, a implantação do sistema adequado garante agilidade na mitigação de riscos, mineração de dados e análise segura dos resultados, além de possibilitar o monitoramento de perfis e operações. Também pode ajudar as empresas a responder possíveis questionamentos de órgãos reguladores e preparar processos de auditorias internas.

Escolha a melhor tecnologia, fale com a AML

A AML está em sintonia com as necessidades dos novos modelos de negócio e quer contribuir para o fortalecimento destes ecossistemas.  Por isso, desenvolveu soluções que ajudam estas empresas a estar em conformidade com as exigências da lei e com as boas práticas de mercado. Por exemplo, o Risk Money Due Diligence  possibilita consultas de perfis no maior e mais completo banco de dados reputacional da América Latina.

Já o Risk Money Monitor monitora cadastros e transações de clientes com o objetivo de detectar situações suspeitas que podem estar relacionadas com a lavagem de dinheiro. E se a preocupação for relacionada a fornecedores e prestadores de serviços? Neste caso, o  Risk Money Integridade  é a solução ideal para fazer os processos de due diligence voltados para estes relacionamentos.

 

Categories
Artigos

Análise de risco: 5 problemas de PLD-FT que podem ser evitados com o Risk Money Due Diligence

As instituições financeiras são a porta de entrada para integração de bens e valores de origem ilícita à economia formal. Por este motivo, elas devem cooperar para o enfraquecimento das organizações criminosas, implementando programas de integridade capazes de detectar o uso de seu serviços nas práticas de lavagem de dinheiro.

Análise de risco: qual o papel do profissional de PLD-FT?

Cabe aos profissionais de PLD-FT interpretar as obrigações legais impostas pela Lei nº 9.613/98, atualizada em 2012 pela Lei nº 12.683/12, que versa sobre o dever da instituição de identificar seus clientes, registrar operações e certificar a capacidade financeira e comunicar ao Coaf quando detectar indícios relacionados com a lavagem. 

Deve investigar e aferir os riscos da atividade financeira da empresa; monitorar e controlar situações que possam gerar danos legais e reputacionais. Além de comunicar aos reguladores as estratégias adotadas em casos considerados suspeitos e construir relatórios que comprovem a integridade do negócio.

Conclui-se que este profissional possui muitas responsabilidades e está em suas mãos o dever de zelar pelo cumprimento da legislação. Para isso, ele deve contar com o apoio de uma equipe preparada, capaz de auxiliá-lo no desenvolvimento das tarefas, além do uso ferramentas adequadas

A seguir, listamos 5 problemas que podem ser evitados com o uso da solução Risk Money Due Diligence

1. Multas e sanções  

Por causa da Lei de Lavagem de Dinheiro, o setor obrigado precisa seguir as regras que visam inibir o mau uso do sistema financeiro. E a não observância da legislação pode ser punida com advertência, multas e até mesmo a suspensão das atividades comerciais. Pensando nisso, a AML desenvolveu o Risk Money Due Diligence, maior e mais assertivo banco de dados reputacional da América Latina. A plataforma pode ser utilizada em processos de diligência de clientes, parceiros, fornecedores e colaboradores. Além de facilitar o reporte de situações consideradas atípicas ao Coaf.

2. Negócios com pessoas e organizações envolvidas em crimes financeiros

1_i-4z6u-khl5jgr_yuqitra-8129261O Risk Money Due Diligence é composto por cinco módulos: Mídia Tratada e Listas de Sanções Nacionais, Pessoas Expostas Politicamente (Lista PEP), Listas Restritivas Internacionais, Consultas em Diários Oficiais e Informações Socioambientais. Isso garante à empresa o acesso a informações seguras e atualizadas sobre a idoneidade de seu cliente e parceiro de negócio. 

 

3. Perda de tempo com a mineração de dados 

Quanto tempo a sua equipe gasta na mineração de dados? O Risk Money Due Diligence apresenta mais de 99% de assertividade, monitora mais 30 mil fontes e disponibiliza dados tratados por uma equipe de especialista. Isso significa maior segurança e agilidade nos processos de diligência, benefícios indispensáveis para quem precisa avaliar grandes volumes de informação. 

4. Monitoramento ineficiente de operações e perfis 

O Risk Money Due Diligence possibilita o diretor olhar de modo específico cada situação, assim implementar controles internos proporcionais aos riscos identificados e estabelecer o monitoramento de cadastros e operações de modo mais eficiente e mais assertivo. Além disso, a plataforma possui mais de um milhão de perfis cadastrados e apresenta o score de risco dos perfis

5. Prejuízo reputacional 

As instituições precisam ficar atentas quanto ao desgaste reputacional que, em alguns casos, pode significar o fim dos negócios. O Risk Money Due Diligence pode auxiliar no monitoramento das ações que compõem os Programas de Conhecimento acerca de clientes, funcionários, fornecedores e parceiros. Isso ajuda a empresa evitar e até mesmo interromper relações inidôneas. 

Quer saber mais sobre as vantagens do Risk Money Due Diligence? Entre em contato com a nossa equipe, eles vão esclarecer todas as suas dúvidas e apresentar, de maneira mais detalhada, todos os benefícios da solução.