PF faz operação para combater corrupção e lavagem de dinheiro no AM

A Polícia Federal faz, na manhã desta sexta-feira (19/07/2019), uma operação para combater a prática de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa. São cumpridos nove mandados de prisão temporária, 12 de busca e apreensão, 18 de bloqueios de contas de pessoas físicas e jurídicas e sete de sequestro de bens móveis e imóveis no Amazonas, em Brasília e em São Paulo.

A Operação Vertex, um desdobramento da Maus Caminhos, foi desmembrada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) ao identificar que um ex-governador do Amazonas investigado poderia ter direito a foro privilegiado, por exercer cargo de senador.

De acordo com investigadores, os suspeitos teriam vantagens indevidas, que incluem dinheiro em espécie ou por meio de negócios simulados ou superfaturados.

A Operação Maus Caminhos tem também outros desdobramentos, como a Custo Político, Estado de Emergência e a Operação Cashback. Até o momento, foram apuradas práticas de crimes de corrupção ativa, passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa feitas por cinco ex-secretários de Estado, além de servidores públicos.

Os mandados foram expedidos pela Justiça Federal, após parecer apresentado pelo Ministério Público Federal.